quarta-feira, 4 de abril de 2012

Artista do Dia: André di Mauro

Com Julianne Trevisol (direita) em Vidas em Jogo (2011).
O ator (centro) com Gabriela Moreyra, Julianne Trevisol, Giovanna Echeverría e Ricky Tavares em coletiva de Vidas em Jogo (2011).
Interpretando Lipe em Chamas da Vida (2008).
O ator André Filippi de Mauro nasceu em 1964, em Rio de Janeiro. É sobrinho-neto do cineasta Humberto Mauro, e irmão da atriz Cláudia Mauro. Começou cedo em sua carreira, aos 15 anos, fez Malu Mulher (79), da TV Globo, e no ano seguinte, fez o musical Vira-Avesso (80), com o qual ganhou o prêmio Mambembe de revelação como ator e autor em 1980.

Em 1983, fez sua primeira novela, Eu Prometo (83), como Beto, e em 1985, fez Antônio Maria (85), como Eduardo. No ano seguinte, fez Selva de Pedra (86), como Guido, e logo, faz A Rainha da Vida (87), como André Valadares.

Entre 1990 e 1992, fez pequenas participações em Rainha da Sucata (90), como Maneco e Perigosas Peruas (92), como Dentinho. Em 1997, depois de anos longe das novelas, fez Xica da Silva (96), como Dom Duarte.

Só volta à TV na novela Prova de Amor (2005), como João Bonforte, e e em Bicho do Mato (2006), como Pedro. Em 2007, fez Donas de Casa Desesperadas (2007), como Miguel, e no ano seguinte, fez um papel de destaque em Chamas da Vida (2008), como o pedófilo Felipe Rezende, mais conhecido como Lipe, que abusava de Viviane (Letícia Colin). O final de Lipe foi na cadeia.

Em 2010, fez a minissérie A História de Ester (2010), como Hegai. Atualmente pode ser visto em Vidas em Jogo (2011), como o ex-policial Carlos, um dos dez integrantes do Bolão da Amizade.


Espero que gostem.
ME





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui, incluindo o seu nome, lugar onde mora e o seu comentário.