quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Biografia: Herson Capri

O ator em 2011, em Insensato Coração (2011)
O ator Herson Capri Freire nasceu no dia 8 de novembro de 1951, em Ponta Grossa, Paraná. Começou a carreira artística muito jovem, aos 15 anos, fazendo teatro no Colégio Estadual do Paraná.

Começou na TV na novela Vila do Arco, em 1975, e depois participa de Tchan! A Grande Sacada (76), como Bernardo. Depois participa em Um Homem Muito Especial (80), como Luiz, e em 1981, participa de Os Imigrantes (81), como Antônio di Salvio, O Vento do Mar Aberto (81), como Onório, O Fiel e A Pedra (81), e Partidas Dobradas (81), como Dalmo. Em 1982, participou em Maria Stuart (82) e Pic-nic Classe C (82), como Franco.

Em 1982, transferiu-se para a Rede Globo de Televisão, onde está até hoje. Sua primeira novela foi Elas Por Elas (82), como Carlos. Depois fez Guerra dos Sexos (83), como Fábio e em seguida, fez seu primeiro antagonista em novelas em Partido Alto (84), como o mau-caráter Sérgio, inicialmente casado com Isadora (Elizabeth Savalla). Logo, faz De Quina Pra Lua (85), como Soares e O Outro (87), como Gabriel, personagem inicialmente cotado para Marcos Paulo, porém este recusou.

Em 1988, fez uma novela da Manchete, Olho Por Olho (88), como Antônio Barjal, empresário mafioso com quem Justo (Flávio Galvão) se envolve, e no ano seguinte, participa de Cortina de Vidro (89), como o milionário Frederico Stuart. Em 1990, volta à Globo para fazer as minisséries A,E,I,O...Urca (90), como o inglês Michael e Riacho Doce (90), como Carlos (seu segundo na carreira), e uma participação na novela Meu Bem, Meu Mal (90), como Cláudio Venturini. Em 1991, fez Felicidade (91), como Mário, marido de Helena (Maitê Proença) que no final não ficam juntos.

Em 1992, participou de Tereza Batista (92), como o capitão Justo, e uma participação em Anos Rebeldes (92). No ano seguinte, destacou-se em Renascer (93), como o autoritário e mau-caráter Teodoro, um dos inimigos de José Inocêncio (Antônio Fagundes), e depois, participa de Tropicaliente (94), como o pescador Ramiro, casado com Serena (Regina Dourado) e apaixonado por Letícia (Sílvia Pfeifer). Nos anos seguintes participa de Explode Coração (95), como Ivan, e Anjo de Mim (96), como o malvado Marco Monterrey. Em 1998, protagoniza Era Uma Vez (98), como Álvaro, e depois, participa de Vila Madalena (99), como Arthur Junqueira.

Em 2002, participa de Desejos de Mulher (2002), como Diogo, ex-noivo de Andréa (Regina Duarte). Em 2004, em dose dupla, participa de Um Só Coração (2004), como Fernão Queirós Chaves, e da novela Como Uma Onda (2004), como Sandoval. Em 2006, participou de Cobras e Lagartos (2006), como Otaviano, um salafrário que se envolve com Milú (Marília Pêra), e em 2007, fez Duas Caras (2007), como João Vítor, mais conhecido como Joca. Em 2008, participa de Negócio da China (2008), como Adriano.

Em 2011, participou de Insensato Coração (2011), como o banqueiro salafrário Horácio Cortez, pai de Rafa (Jonatas Faro) e Paula (Tainá Muller). Inicialmente casado com Clarice (Ana Beatriz Nogueira), o banqueiro se envolve com Natalie (Deborah Secco), com quem acaba se casando. No final da trama, ele acabou na cadeia por provocar a morte de Clarice.

Atualmente está em Aquele Beijo (2011), como Alberto, marido de Maruschka (Marília Pêra). Seu personagem na trama se envolve com Sarita (Sheron Menezes).

Atualmente mora no Rio de Janeiro com a atual esposa, a médica Susana Garcia, e os quatro filhos, Laura, nascida em 1976, Pedro, nascido em 1979, Lucas, nascido em 1998, e Luiza, nascida em 2001. Ele superou um câncer de pulmão em 1999.

Espero que gostem.
ME

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui, incluindo o seu nome, lugar onde mora e o seu comentário.

Postar um comentário